Oriente Médio, Características Gerais, Aspectos Físicos e Políticos, Conflito Árabe-Israelense

Oriente Médio: Características Gerais, Aspectos Físicos e Políticos

Oriente Médio, Características Gerais, Aspectos Físicos e Políticos, Conflito Árabe-Israelense

O Oriente Médio é um termo que se refere a uma área geográfica à volta das partes leste e sul do Mar Mediterrâneo. É um território que se estende desde o leste do Mediterrâneo até ao Golfo Pérsico. O Médio Oriente é uma sub-região da África-Eurásia (partes da Turquia estão na Europa, e o país é considerado por alguns como parte da última), sobretudo da Ásia, e partes da África Setentrional. Comparada com o restante da Ásia, é uma região geograficamente pequena, com uma área aproximada de 7 200 000 km². A população do Oriente Médio é de 270 milhões de habitantes.

Aspectos Físicos:

O Clima que predomina é o desértico, em alguns trechos, especialmente próximos ao litoral, o clima é subtropical mediterrâneo, aí se concentra a maioria da população.

O revelo é em geral baixo, com exceção das partes leste e, especialmente, norte dessa região (Afeganistão, irã e Turquia) aonde temos planaltos e cadeias de montanhas. A Principal planície é a Mesopotâmia, ela é formado pelos rios Tigre e Eufrates. Nela se cultivam vários gêneros agrícolas, como arroz, trigo, cevada e algodão.

Um característica fisiográfica importantíssima é a formação geológica de terrenos, suas rochas e recursos minerais. Na região predominam bacias sedimentares que são áreas rebaixadas e preenchidas por rochas sedimentares. Essas bacias apresentam condições para a ocorrência de Hidrocarbonetos (substância formada principalmente de hidrogênio e carbono; o petróleo é um exemplo).

Aspectos Políticos:

Em virtude de sua importância econômica e militar, o Oriente Médio é uma das principais áreas estratégicas do mundo. Calcula-se que 65% das reservas mundiais de petróleo e 30% das de fás natural estejam nessa região. É do petróleo que são extraídos a querosene, gasolina, óleo diesel e combustíveis. O Petróleo também é fonte de energia para usinas termelétricas e de matéria-prima. Maiores exportadores mundiais de petróleo estão no oriente Médio: Arábia Saudita, Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Irã, Iraque e etc.

O Oriente Médio é uma região com muitas tensões e conflitos – religiosos, sociais e fronteiriços – que costumam periodicamente dar origem a guerras locais ou movimentos terroristas internacionais.

Com o fim da guerra fria, as disputas políticas desses países mudaram de natureza. Antes, até o fim de 1980, havia um acirrada disputa entre os aliados dos EUA e da União Soviética; desde 1990 existe uma tendência de união dos povos muçulmanos ara se oporem ao Ocidente – simbolizado pelos EUA.

O regime político do Irã, promove uma permanente campanha nesse sentido, advogando uma oposição de todos os islâmicos ao Ocidente, que é visto como culpado pelos problemas da região e do mundo. Todavia, a Arábia Saudita e outros países continuam aliados do Ocidente. Veja os principais conflitos armados das últimas décadas na região:

**Guerra dos Seis Dias, 1967, Israel e vizinhos árabes.

**Guerra do Yom Kippur, 1973, Israel e vizinhos árabes.

**Guerra Irã e Iraque, iniciou em 1980 e encerrou-se em 1988.

**Ocupação do Afeganistão por tropas soviéticas durante 9 anos.

**Guerra civil do Líbano, início 1975 e termino 1991.

**Guerra do Golfo, 1991.

**Bombardeios sobre o Afeganistão 2001, depois do atentado nos EUA de 11 de setembro.

**Guerra do Iraque em 2003, quando as forças do EUA e do Reino Unido invadiram o Iraque e promoveram a queda do governo de Saddam Hussein, com pretexto de que eles estariam fabricando armas de destruição em massa.

Com o fim de Saddam Hussen, os EUA passaram a controlar o Iraque. Em 2005, eleições permitiram a formação de um novo governo que continuava instável. O Futuro do Iraque certamente terá influência significativa sobre o futuro de todo o Oriente Médio. É enorme a presença militar estrangeira no Oriente Médio – terras e mares.

Oriente Médio, Características Gerais, Aspectos Físicos e Políticos, Conflito Árabe-Israelense

Oriente Médio: Entenda o conflito árabe-israelense

Oriente Médio: Entenda o conflito árabe-israelense

Entenda toda a história dos conflitos que acontecem no Oriente Médio até os dias de hoje. O principal motivos dos conflitos diz respeito ao território: israelenses e palestinos lutam para assegurar terras sobre as quais, segundo eles, têm direito milenar. Outra questão diz respeito à cultura e à imposição de valores ocidentais às milenares tradições orientais. Pode-se ainda mencionar o fator econômico – talvez o preponderante: potências capitalistas desejam estabelecer um ponto estratégico na mais rica região petrolífera do planeta. E ainda existe a questão política.

História da guerra entre Israel e Palestina

Expulsos da Palestina pelos romanos já no século 1 da Era Cristã, os judeus acalentaram durante séculos o sonho de retornar à “Terra Prometida”, enfrentando todo tipo de discriminação e perseguição. Todavia, o território, durante sua ausência, foi ocupado por outros povos que, igualmente, sentem-se no direito de nele permanecer de modo autônomo.

Durante o domínio britânico sobre a região, os ingleses permitiram a compra de terras na Palestina por ricos judeus de todo mundo que começaram a reocupar a região. Essa maciça migração de judeus para a Terra Santa chamou-se Sionismo, em referência à Colina de Sion, em Jerusalém.

Os ingleses após a Primeira Guerra Mundial, comprometeram-se a ajudar os judeus a construir um Estado livre e independente em território palestino, buscando, assim, enfraquecer os árabes e conquistar vantagens econômicas na região. Entre os anos 1930 e 1940, intensificou-se consideravelmente a imigração judaica para a Palestina.

O descontrolado ingresso de judeus na Palestina acarretou sérios problemas já às vésperas da Segunda Grande Guerra: as áreas de assentamento judeu e palestino não foram delimitadas e grupos de características étnicas e religiosas tão diferentes tiveram que compartilhar o mesmo território, de onde resultam graves hostilidades entre ambos.

Com o holocausto promovido pelos nazistas durante a Segunda Guerra, a opinião pública, sensibilizada com os sofrimentos dos judeus, concordou com a criação de um Estado judeu na Palestina. A recém-criada Organização das Nações Unidas estabeleceu que a solução para os problemas do Oriente Médio seria sua prioridade, com a anuência dos Estados Unidos e da Inglaterra, interessados em estabelecer um aliado na região, já que não confiavam nos Estados árabes que a cercavam. Os palestinos, por sua vez, também almejavam a criação de um Estado independente em território palestino e, para isso, contavam com o apoio dos países árabes.

Em 1947, a ONU estabeleceu a divisão do território palestino entre judeus, que ocupariam 57% das terras com seus 700 mil habitantes, e palestinos, cuja população de cerca de 1,3 milhão de habitantes ocuparia os restantes 43% do território.

Com a retirada das tropas britânicas que ocupavam a região, começou, em 1948, uma guerra entre Israel e a Liga Árabe, criada em 1945 e que reunia Estados Árabes que procuravam defender a independência e a integridade de seus membros. A guerra foi liderada pela Jordânia e pelo Egito. Israel venceu o conflito e ocupou áreas reservadas aos palestinos, ampliando para 75% o domínio sobre as terras da região. O Egito assumiu o controle sobre a Faixa de Gaza e a Jordânia criou a Cisjordânia.

Em 1956, o presidente egípcio Gamal Abdel Nasser declarou guerra a Inglaterra, França e Israel com o objetivo de assumir definitivamente o controle sobre o canal de Suez, em mãos europeias desde sua construção. Para isso contou com o apoio da União Soviética, país que, no contexto da Guerra Fria, apoiava todas as iniciativas de libertação nacional a fim de conquistar aliados para o bloco socialista. Durante o conflito, Israel ocupou a Península do Sinai, mas, devolveu-a logo em seguida, devido à pressão norte-americana.

Acordos de paz

Quando o presidente Anuar Sadat assumiu a presidência do Egito, assumiu uma postura de distanciamento da União Soviética e de aproximação dos Estados Unidos. Daí resultaram conversações de paz entre egípcios e israelenses que resultaram num acordo formalizado em Camp David, em 1979. Assinaram o acordo, sob os olhos do presidente norte-americano Jimmy Carter, o presidente egípcio, Sadat, e o primeiro-ministro israelense, o ultra-direitista, Menahem Begin. O acordo previa que Israel devolveria o Sinai para o Egito até 1982 e que em Gaza e na Cisjordânia nasceria uma “autoridade autônoma”, da qual a OLP não participaria, e que governaria essas regiões por 5 anos, até a retirada definitiva de Israel. O acordo não agradou nem aos judeus instalados nas colônias do Sinai, de Gaza e da Cisjordânia, nem muito menos aos árabes que esperavam maiores concessões por parte dos israelenses. Por isso, Sadat, considerado por muitos, traidor da causa árabe no Oriente Médio, foi assassinado em 1981.

Últimas Notícias:

Receita de Nhoque Fácil Ana Maria Braga

Receita de Nhoque Fácil Ana Maria Braga

Nhoque Fácil Ana Maria Braga - Programa Mais você de 10/03/14 Confira passo a passo como fazer uma deliciosa receita de Nhoque Fácil exibido no programa Mais Você da Ana Maria B[...]

Campanha faz cadelinha passar o dia recebendo carinho

Campanha faz cadelinha passar o dia recebendo carinho

ONG cria uma linda e emocionante campanha conscientizar a população sobre a importância de cuidar dos animais. A ONG de defesa dos animais MaxMello, juntamente com a Sumaca Film[...]

Maquiagem faz milagres!
Multiplica essa gata!

Multiplica essa gata!

Playboy pra que? Se eu posso ver a Bianca Anchieta no Face![...]

O Super Sayajin mais poderoso de todos!

O Super Sayajin mais poderoso de todos!

Ninguém pode com o poder do Seu Madruga Super Sayajin 4![...]

Fotos sexy da Mariana Rios

Fotos sexy da Mariana Rios

Confira várias fotos de morena linda e talentosa. Fotos sensuais da Mariana Rios. Mariana Rios, esse morena linda e talentosa é uma atriz, modelo e cantora nascida em Araxá, Min[...]

Fotos Fake

Fotos Fake

Galeria com diversas fotos fake para postar no Facebook, Twitter, Instagram, etc. Confira uma galeria com diversas fotos fake de loira, morena, amigas, na piscina, da mesma pess[...]

Fotos sexy da Bruna Marquezine

Fotos sexy da Bruna Marquezine

Confira fotos sensuais da gata Bruna Marquezine. Fotos da bela atriz Bruna Marquezine. A ex do jogador Neymar é atualmente umas das mulheres mais desejadas do Brasil e sem dúvid[...]

Fotos da Grazi Massafera

Fotos da Grazi Massafera

Confira diversas fotos da gata Grazi Massafera. A atriz e modelo Grazi Massafera ficou conhecido ao ficar em terceiro lugar no concurso Miss Brasil 2014 e em seguida ao particip[...]

Fotos da Ísis Valverde

Fotos da Ísis Valverde

A gata Ísis Valverde além de fazer sucesso em sua carreira como atriz, faz um enorme sucesso entre o público masculino. A bela recentemente foi apontada como pivô da separação de C[...]

Like it? Share it!